O que você faz pelo presente? – João Batista

O analista de informática, João Batista de Barros, 53 anos, é dono da empresa DIOXL, que foi criada em 2009, com a ajuda do Sebrae. A empresa se caracteriza por reciclar material eletrônico, não só as partes de ferro e plástico, mas também as placas de memória e processadores. Além disso, extrai substâncias poluentes como manganês, zinco e cloreto de amônia de equipamentos obsoletos, que podem ser utilizadas na produção de outros produtos e são materiais que contaminam o ambiente se não tiverem a destinação correta.

João teve a ideia de abrir uma empresa com essa finalidade, após assistir uma palestra sobre os problemas ambientais provocados pelo lixo eletrônico, quando terminou o curso de tecnólogo em redes.

O interesse pelo tema foi tão grande que, além de fazer sua monografia com base no mesmo, apresentou sua ideia ao Sebrae, no DF, que avaliou e ajudou na execução do projeto. João conta que o começo foi muito difícil, tanto na questão financeira, quanto de estrutura. Mas, com o apoio do Sebrae, puderam dar início às atividades de reciclagem. Atualmente, a empresa tem parcerias com cooperativas de material reciclado e conta com a ajuda de professores das universidades de Brasília e federal do Rio Grande do Sul para dar início à reciclagem de circuitos internos de eletrônicos.

João é um exemplo de persistência e busca por um negócio que associa o lucro ao meio ambiente, fazendo com que seu desenvolvimento contribua, também, com o desenvolvimento do mundo.

Sobre DryWash

Rede especializada em produtos e serviços para limpeza e conservação de veículos. Com foco em desenvolvimento sustentável, inovação e qualidade.
Adicionar a favoritos link permanente.