Entenda como funciona a reciclagem de pneus

Descubra também destinos alternativos para o seu pneu velho

 

Presentes em praticamente todos os tipos de veículos terrestres, os pneus de borracha fizeram história ao tornar desnecessário o uso de rodas antigas feitas de madeira e ferro. Entre os principais motivos que ocasionaram esta mudança, estão a maior durabilidade, segurança e conforto que esse tipo de material proporciona.

No primeiro semestre de 2014, o Brasil bateu o seu próprio recorde ao reciclar mais de 223 milhões de toneladas de pneus inservíveis

Entretanto, os pneus de borracha não são considerados ambientalmente corretos, devido ao longo período que a borracha leva para se decompor totalmente na natureza, cerca de 600 anos. Além disso, a queima desse material também causa danos ao meio ambiente, uma vez que a fumaça produzida pela combustão emite um grande volume de poluentes na atmosfera, como o Carbono (C) e o Enxofre (S), que auxiliam no aquecimento global e no efeito estufa.

Por esse motivo o descarte correto desse material se faz tão necessário. Pois, a partir do desuso adequado dos pneus, a preservação do meio ambiente junto a sua perpetuidade estará garantida.

No Brasil, desde o ano de 1999, o CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente), estabeleceu uma norma que obriga as indústrias fabricantes desse material a adotarem medidas de descarte sustentável aos pneus velhos. Além disso, a regra também situa que para cada quatro pneus fabricados, cinco devem reciclados.

Com isso, a maioria dos pneus descartados são reciclados e retornam às empresas que os fabricam. No Brasil, esta prática já acontece há 60 anos, fazendo com que o país seja o segundo maior do mundo a realizar esse tipo de atividade, perdendo apenas para os Estados Unidos.

Os pneus reformados pelas empresas possuem rendimento quilométrico aproximado ao novo, além do custo ser 75% menor para o consumidor final. Existem também os pneus inservíveis – que não podem ser reformados e são reutilizados para a fabricação de outros materiais, como solados, tijolos de concreto, asfalto entre outros.

No processo de reciclagem dos pneus, é feita a retirada dos resíduos em aço presentes nesse tipo de material. E, após esse processo, é feita a trituração do pneu, que posteriormente é enviado às empresas que usam a borracha como matéria prima para a fabricação de novos produtos. No Brasil, a maior parte da borracha reciclada de pneus velhos é usada para a fabricação de asfalto.

processo de retirada dos aços dos pneus

Processo de retirada dos aços do pneu/Foto: Reciclanip

 

Onde deixar o seu pneu velho

Os pneus velhos e sem utilidade podem ser descartados nas lojas revendedoras do produto, que posteriormente encaminharão os itens antigos para as fabricantes do material.

Como reaproveitar um pneu antigo

Há diversas maneiras sustentáveis de reaproveitar os pneus velhos do seu veículo, como transforma-los em camas para animais de estimação, pufes, vasos para plantas, mesas de centro, balanças e até cadeiras.

Confira abaixo algumas formas diferentes de reutilizar pneus velhos:

Pneu_reciclado_7

Fotos: Catraca Livre

Clique nos links e veja os tutoriais

http://bit.ly/1nlFnyB

http://bit.ly/1RSRcZR

http://bit.ly/1T4obcB

 

Adicionar a favoritos link permanente.