Eco Desenvolvimento

No post de hoje contaremos com o texto da Geóloga e blogueira, Claudia Chow, que escreve para o blog Ecodesenvolvimento. Claudia é formada em Geologia pela Unesp, e segundo ela, escreve sobre o que a inquieta nesse admirável mundo verde e questiona aquilo que não entende. Neste post, Claudia falará um pouco das catástrofes naturais que estamos enfrentando neste período de chuvas. Confira!

As Catástrofes Naturais no Brasil

Toda época de chuva no Brasil é o mesmo dejà vu, seja no verão no Sudeste, seja no inverno no Nordeste, enchentes, deslizamentos e inevitavelmente mortes. Mas o que mais me preocupa sempre é o que as pessoas resolveram fazer DEPOIS da catástrofe. Porque imediatamente depois sempre vem ajuda, dinheiro, solidariedade, mas e na hora de reconstruir tudo e a aprender com a desgraça o que acontece?

Recebi um material (diga-se de passagem já tem muitos meses) da Fundação Bunge sobre o trabalho deles no Vale do Itajaí depois das enchentes e deslizamentos de 2008 e eu fiquei muito contente em saber que lá eles aprenderam com os erros e estão tentando não repetí-los. O projeto chama-se “Conhecer para sustentar” e visa não apenas ajudar as famílias a reconstruirem suas vidas, mas também a conhecer melhor o local onde vivem e por que acontecem esses eventos.

Tomara que a população da região serrana do Rio de Janeiro também tenha essa clareza e possa aprender com essa situação difícil, nem que o aprendizado seja apenas votar diferente daqui 2 anos. Entendo que nem tudo a gente pode esperar do governo, esse projeto por exemplo vem de uma iniciativa privada, mas ter governantes conscientes e responsáveis é um bom começo.

Veja o trailer do documentário produzido pela Fundação Bunge sobre o projeto:

Esses dias vi no Jornal Nacional (veja a seguir) uma reportagem sobre o trabalho que está sendo realizado lá no Vale do Itajaí depois dos desastres de 2008 e foi bem legal ver que a prefeitura resolveu instituir uma “Diretoria de Gelologia” para cuidar das áreas de risco da cidade e ajudar no planejamento urbano.

Umas das falas que eu achei interessante foi do Prefeito de Blumenau quando ele diz que 2 anos é um tempo muito longo para quem espera, mas eles optaram pelo caminho mais longo e mais seguro. Achei legal um prefeito/ político enfatizar isso, pois na grande maioria das vezes eles são imediatistas e querem apenas ficar bem na fita com o eleitorado, imagino o quanto não deve ter sido fácil para ele aguentar o povo cobrando e exigindo soluções rápidas e fáceis. Acho que temos um bom caso de sucesso no Brasil, em que uma tragédia pode e deve ensinar muito, principalmente a planejar e fazer melhor.

Texto por: Claudia Chow
Blog: http://www.scienceblogs.com.br/ecodesenvolvimento

Sobre DryWash

Rede especializada em produtos e serviços para limpeza e conservação de veículos. Com foco em desenvolvimento sustentável, inovação e qualidade.
Adicionar a favoritos link permanente.
  • Cínthia

    Bacana a comparação Claudia!